Segmentando o envio de emails usando as tags do RD Station

Apesar de não “estar na moda”, é inegável o poder do Email Marketing. Mesmo com muitas empresas poluindo o canal e enviando mensagens irrelevantes, o Email Marketing bem feito ainda é um dos contatos mais íntimos que uma empresa pode ter com seu potencial cliente.

Apesar de não “estar na moda”, é inegável o poder do Email Marketing. Mesmo com muitas empresas poluindo o canal e enviando mensagens irrelevantes, o Email Marketing bem feito ainda é um dos contatos mais íntimos que uma empresa pode ter com seu potencial cliente: ela chega até a caixa de entrada e ganha ao menos alguns segundos de atenção exclusiva.

Como coloca o nosso eBook de introdução ao assunto, o Email Marketing só funciona quando a mensagem é relevante para quem a recebe. Daí a necessidade de a mensagem ser personalizada e, por personalizada, não falamos somente de colocar o nome do destinatário na saudação. É preciso que a mensagem esteja alinhada ao perfil e às características do Lead.

Na prática, personalizar uma mensagem significa mandar uma mensagem que vai corresponder aos interesses e comportamentos do destinatário. Quando enviamos uma mensagem estamos tomando algum tempo da atenção de uma pessoa. Se falharmos em entregar algo relevante,  causamos frustração.

Quando a pessoa recebe um email que não agrega e sente-se invadida, a tendência é dali em diante ignorar as nossas mensagens ou, pior ainda, marcar como Spam, queimando a reputação do seu servidor de envio de emails e fazendo com que suas mensagens sejam automaticamente enviadas para o Lixo Eletrônico.

Fica evidente que precisamos tratar com muito respeito a caixa de entrada dos nossos Leads e a forma mais efetiva de agradar e personalizar é usando ferramentas de segmentação da lista.

Podemos segmentar os Leads de diversas formas. A idéia é sempre procurar algum grupo de Leads que tenham características semelhantes para que possamos mandar um email efetivamente pessoal,  sem sacrificar a escalabilidade da operação.

Uma forma interessante de fazer isso é oferecer algo complementar ao que o Lead já consumiu. Por exemplo, se um Lead consumiu um material sobre o assunto X, envie um email oferecendo um material Y que é complementar a X. Aqui na Resultados Digitais fazemos isso uma vez por mês, com ótimos resultados.

 

Usando o RD Station para segmentar o envio de emails

Agora vamos ver como o RD Station pode nos ajudar a segmentar nossa base de Leads, usando aqui a funcionalidade  “Tags” que está na Base de Leads.

Vamos exemplificar com o envio de um material complementar. Digamos que queremos enviar um email para quem assistiu o webinar sobre Landing Pages e não teve mais nenhuma conversão. Para essas pessoas, queremos mandar um email oferecendo o eBook sobre Call to Action.

Começamos primeiramente filtrando a base de Leads para achar esse grupo de pessoas. Neste caso vamos usar o filtro “evento=webinar-landing_pages AND conversoes = 1”  que vai buscar os Leads que tiveram o evento “webinar-landing_pages” (identificador da conversão deste webinar) E que têm somente uma conversão.

Agora que temos essas pessoas vamos adicionar uma tag a todas elas. Começamos clicando no primeiro check-box.

Isto selecionará os primeiros Leads e nos dará a opção de selecionar todos os restantes. Para isso basta clicar no link “Clique aqui” que aparece na mensagem em amarelo.

Agora clicamos em adicionar tags, escolhemos um nome relevante e clicamos em adicionar. A página será recarregada e em seguida os Leads aparecerão com a nova tag (etiqueta).

É importante perceber que agora temos uma lista estática ou simplesmente uma lista de emails. Isso quer dizer que essa lista não vai mudar automaticamente a medida que novos Leads se adequarem aos parâmetros da busca. Isso é bom porque nos permite, por exemplo, fazer um acompanhamento com esses Leads no futuro, além de servir como um registro.

O próximo passo é enviar o email para estes Leads. Para enviar o email somente para os Leads que selecionamos previamente basta usar o filtro “tag=nome-da-tag” substituindo nome-da-tag pelo nome que você criou no passo anterior. Clique em filtrar para ver os Leads que receberão a mensagem.

Em seguida, siga os passos normalmente para criar e agendar o envio da sua campanha.

Outras maneiras interessantes de segmentar a base

Como comentamos antes, separar os Leads de acordo com seu perfil nos ajuda a personalizar as ofertas que enviamos para cada grupo. Na prática isso significa estudar os perfis das pessoas que compram seus produtos.  Sabendo disso, fica fácil classificar (taguear) os Leads e enviar ofertas que têm maior probabilidade de fisga-los.

Você pode usar essa prática na medida que os Leads entram, adicionando uma tag específica sempre que um Lead de certo perfil converter. Ou pode fazer isso depois. Aqui na RD costumamos fazer o seguinte: usamos uma pesquisa preliminar na base com os filtros para separar apenas aqueles que possuem um volume maior de conversões e em seguida empregamos a força humana para avaliar separadamente cada Lead, aplicando Tags de acordo com o perfil: agências, empresas e estudantes, por exemplo. Assim podemos ser muito mais assertivos na comunicação com esses públicos.

Marcar Leads com uma tag quando já interagiram com a equipe de vendas ou passaram por algum processo em específico também pode ajudar. É possível, por exemplo, marcar todos que já fizeram algum tipo de ação mais próxima do momento de compra e usar isso como arma de venda. Alguns exemplos: pediu-demo, recebeu-avaliação-gratuita, participou-de-workshop.

Estas são apenas algumas das formas de utilizar as tags do RD Station.  Como são muito versáteis, podem ter os mais variados usos, como por exemplo fazer a comunicação entre a equipe de marketing e de vendas. Em posts futuros mostraremos mais maneiras de se aproveitar essa funcionalidade.

Marcadores:

Deixe seu comentário