Estágios do Lead (lifecycle)

Saiba como classificar seus Leads em três estágios de maturidade dentro da Jornada de Compra.

Esta nova versão do RD Station conta com uma mudança estrutural importante que já oferece grandes melhorias e ainda vai permitir uma série de novas funcionalidades futuras. Entre as principais novidades está a possibilidade de classificar os Leads em 3 estágios de vida: Lead (todos as pessoas que entraram na sua base de contatos, independente da origem), Lead Qualificado (Lead que segue os critérios de qualificação de cada empresa) e Venda (quando a compra é efetivada por aquele Lead).

É importante notar que o Lead ainda pode ser marcado como Oportunidade, independente do seu estágio. Como oportunidades são os Leads que estão sendo efetivamente trabalhados pelo time de vendas, ele não precisa necessariamente ser qualificado para isso. Exemplo: um Lead não qualificado tem um grande interesse pelo produto e pede um orçamento. Ele deve ser marcado como oportunidade. Um outro exemplo comum é um Lead que já é cliente e quer fazer um upgrade. Como ele vai passar novamente pelo processo de negociação, ele deve ser marcado como oportunidade novamente.

Fazer a segmentação dos estágios é simples. Basta clicar no nome do Lead e  depois clicar em “Editar Informações”. Após isso, basta fazer a edição do campo “Estágio do Funil”:

Aplicações dos estágios do Lead

Essa nova estrutura traz alguns benefícios. O primeiro deles são as listas de segmentação automáticas. Ou seja, quando marcado como Lead Qualificado por exemplo, esse Lead passa a fazer parte da lista chamada “Leads Qualificados (estágio do funil)”, o que facilita ações como criação de campanhas de email marketing e a própria busca desses contatos na base.

Outra facilidade é a análise mais aprofundada do funil a partir dos estágios. É possível analisar a taxa de conversão de um estágio para o próximo (Visitante para Lead, Lead para Lead Qualificado, e assim em diante). Isso permite analisar como está o fluxo do funil de vendas, identificar os gargalos e pensar em ações de melhoria.

Com essa nova estrutura, é possível ver também em Fontes de Tráfego e Conversões quais fontes trazem mais visitas, Leads e clientes, o que ajuda a identificar quais canais geram mais vendas. Isso é relevante porque um canal pode trazer mais visitas, mas não ser o maior responsável por vendas, que é o objetivo principal da empresa.

E por último, com essa nova divisão de estágios, o funil de vendas no Dashboard fica mais completo e sua representação visual permite fazer análises com mais facilidade. Inclusive, você pode conhecer melhor a funcionalidade Funil de Vendas neste post.

 

Marcadores:

Deixe seu comentário