Um mergulho na infraestrutura do RD Station

Saiba o que estamos fazendo e planejando para acompanhar mudanças que impactam diretamente em nossa infraestrutura

infraestrutura-RD-Station

Ao longo dos últimos anos, duas coisas mudaram muito e impactaram diretamente o RD Station Marketing: nosso crescimento e a transformação digital no Brasil. Em 2011, tínhamos 4 profissionais trabalhando na área de produto e 7 clientes. Hoje, a área de produto e engenharia tem cerca de 150 pessoas, temos mais de 12 mil clientes em 20 países, centenas de parceiros de integrações e milhares de agências parceiras. Junto a isso, acompanhamos a mudança das necessidades dos clientes e do mercado e estamos a par das novas tecnologias que poderão nos auxiliar nos desafios que estão por vir.

Números, números, números

Essa evolução foi exigindo uma infraestrutura cada vez maior, já que o que funciona para empresas ainda pequenas, em um cenário de larga escala pode acabar quebrando a operação. Diferente da estrutura de um prédio, que é construída para um determinado número de moradores, a de um software precisa ter investimento constante, conforme o número de usuários e de dados aumenta.

Um exemplo disso é o processamento das informações de emails. Receber alguns eventos e saber quantos destinatários clicaram nesses emails é uma tarefa trivial. Fazer isso enquanto se processa 100 mil eventos por minuto é um desafio.

E falando em números, dá uma olhada no tanto de coisas que processamos por aqui no ano passado:

  • 5,2 bilhões de emails enviados
  • 50 bilhões de eventos (abertura, clique, etc) disponibilizados em tempo real na tela de análise de emails
  • 260 milhões de conversões
  • 280 mil Landing Pages
  • 187 milhões de novos Leads
  • 150 mil Fluxos de Automação rodando ao mesmo tempo

Não se preocupe: estamos preparados

Por esses motivos, investimos tanto em nossa infraestrutura, levando sempre em conta o crescimento para processamento, armazenagem e segurança de dados. Estamos preparados para esses desafios de escalabilidade e nos preparando para um cenário no longo prazo. E para que nossos clientes tenham certeza disso, estamos compartilhando nossos planos e ações mais recentes.

O que fizemos nos últimos meses

Trabalhamos em melhorias para diminuir o tempo de processamento de informações, como:

  • Uma nova solução que é capaz de processar até 1 milhão de eventos por minuto e, em tempo real, analisar a performance de uma campanha de email baseado nos eventos recebidos;
  • Aumento da performance de Fluxo de automação, de envio de oportunidades para ferramentas externas e de consultas da segmentação;
  • Aumento da performance de exportação: do início ao fim do processo.

Além disso, criamos um time responsável por dados, cuja missão é garantir que nossos produtos forneçam melhores soluções de análise de performance e de resultados alcançados. Com isso, nossos clientes estarão mais bem servidos com ferramentas que permitam ajustar adequadamente a sua estratégia para aumentar suas vendas. Para que isso fosse possível, optamos pela criação de um Data Lake, componente capaz de armazenar todo e qualquer dado que transita em nossos produtos.

E quando falamos de informações, precisamos garantir que estejam protegidas. Por isso, criamos um outro time para cuidar de todos esses dados em termos de proteção e privacidade. Lidamos com dados sensíveis dos Leads de nossos clientes e protegê-los é parte fundamental da nossa missão. Como revelamos neste blog post, estamos investindo não somente na segurança dos dados, mas também em adequação a legislações como GDPR e LGPD.

Outro grande passo para garantir a escalabilidade do RD Station foi a assinatura do contrato com o Google, que foi o 10º maior contrato do Google Cloud Platform (GCP) no ano de 2018 no Brasil. O Google Cloud Spanner, serviço de banco de dados, irá possibilitar o gerenciamento dos bilhões de dados do RD Station em escala, gerando mais eficiência no desenvolvimento do RD Station.

O que está por vir

Para 2019, estamos prevendo um investimento de cerca de R$ 40 milhões no produto e esperamos chegar a 200 profissionais somente nesta área.

Também começamos a investir fortemente em uma Customer Data Platform (CDP), uma plataforma responsável por centralizar múltiplas informações dos Leads de nossos clientes em um único local. Tanto as nossas soluções, RD Station Marketing e RD Station CRM, como também as soluções de parceiros e de terceiros estarão conectadas nesta plataforma. Assim, haverá a garantia de que os dados fluam naturalmente de uma solução para a outra. Na prática, isso significa que ações realizadas pelos Leads em qualquer solução conectada a esta plataforma, poderão desencadear ações ou visualizações em outro produto conectado a ela.

A plataforma também vai permitir a entrega de funcionalidades que antes não eram possíveis, além de dar uma escala muito maior aos nossos serviços. Como comentamos neste blog post, a CDP vai permitir algumas ações, tais como: segmentar a base de Leads por novos critérios, o entendimento da jornada de compras sem necessidade de análise humana e novas condições para entrada de Leads em fluxos de automação.

Para continuar o processo de melhorias e aumento de performance, faremos algumas manutenções programadas ao longo do ano, sobre as quais comunicaremos com antecedência. Como falamos em outro momento, temos um mapa com alguns pontos de partida definidos, mas inúmeras possibilidades de rotas a seguir. E gostaríamos que você embarcasse nessa jornada. Vamos?

O que você achou das novidades? Comente! Ainda não usa o RD Station Marketing, que tal experimentar por 7 dias gratuitamente?

Marcadores:

Deixe seu comentário