Código de Monitoramento próprio do RD Station

Existem duas formas de sucesso que são objetivos principais da maioria dos clientes RD Station: Gerar leads qualificados e Ser referência na internet. Um bom resultado nessas duas formas é consequência direta de um bom desempenho na geração de tráfego com qualidade.

Essa geração de tráfego depende de uma atividade simples: analisar os canais de tráfego para o seu site. O objetivo dessa análise é identificar qual o seu melhor canal de aquisição de Leads, e isso depende de 3 indicadores principais:

  • Custo de aquisição do Canal: qual canal é mais barato?
  • Ciclo de venda do Canal: em qual canal eu converto mais rápido ao longo do meu funil de vendas?
  • Taxa de conversão do canal: qual canal realmente transforma visitantes em Leads, Leads qualificados e Vendas?

O RD Station apresenta uma série de maneiras de responder a essa última pergunta, incluindo, por exemplo, a análise do número de visitas e conversões pelos diferentes canais de tráfego.

Privacidade dos usuários e origem desconhecida

Há aproximadamente dois anos, o Google iniciou uma revisão do modelo de privacidade de seus usuários.

Um dos pontos alterados nessa nova versão do Google Analytics – chamada de Universal Analytics -, refere-se à impossibilidade de associar um usuário a uma sessão específica de visita. De forma simples, na opinião do Google, o Universal Analytics deve ser utilizado para analisar padrões de massa. Assim, ele permite que um cliente (por exemplo, seu site) analise quais canais estão tendo uma melhor performance em termos de taxa de conversão de um canal, quantidade de visitantes, tempo de visita, etc.

No entanto, o Google considera contra sua política de privacidade você saber especificamente o que um usuário está fazendo e qual a sua origem. Consequentemente, uma das informações que eram disponibilizadas a cada nova sessão de visita – o canal de origem de um visitante específico – parou de ser informada pelo Universal Analytics.

Por causa disso, diversos clientes que já realizaram a atualização do Google Analytics passaram a experimentar a perda do canal de origem das conversões de seus Leads (classificados no RD Station como de Origem Desconhecida), prejudicando muito a análise dos canais de geração de tráfego.

Conscientes da importância da análise de canais para os nossos clientes e da política de privacidade de usuários na internet, iniciamos o desenvolvimento de um Código de Monitoramento próprio para uso no site de nossos clientes.

O Código de Monitoramento do RD Station

Esse código não concorre com o Google Analytics, que se mantém como uma importante ferramenta de análise de tráfego e uso do seu site. Porém, para análises de Funil de Marketing, é indispensável sabermos a origem dos visitantes quando eles se tornam Leads e convertem ao longo do funil.

Futuramente, o Código de Monitoramento permitirá também que você rastreie o comportamento dos Leads no seu site – registrando, portanto, não apenas a origem de um Lead mas quais páginas do seu site ele visitou.

Respeitamos muito a privacidade dos visitantes na internet. Por isso, assim como no Google Analytics, os visitantes poderão optar por permitir ou não que o Cookie de Monitoramento do RD Station rastreie sua sessão de visita.

Além disso, serão disponibilizadas apenas informações de origem das sessões que resultam em uma conversão (seja em uma Landing Page ou em um formulário do seu site), indicando que o usuário está disposto a dizer quem ele é (através do seu email) e a se relacionar com você.

Como funciona?

Siga as instruções da Central de Ajuda para configurar o seu Código de Monitoramento.

O Código deve reduzir consideravelmente a quantidade de Leads com Origem Desconhecida dentro do RD Station.

Ainda assim, Leads com Origem Desconhecida poderão aparecer, devido, por exemplo, a importações, integrações via Zapier e integrações manuais com problemas. Após a configuração do Código de Monitoramento, explicamos como resolver possíveis problemas com as integrações manuais.

O Código de Monitoramento do RD Station está disponível para todos os planos do RD Station e instalá-lo é tão simples quanto inserir o código do Google Analytics: basta colocar o Código de Monitoramento em todas as páginas do seu site que você deseja rastrear.

Na maior parte dos casos, colocá-lo no rodapé do site é suficiente, desde que o rodapé seja carregado em todas as páginas. Analise com o gestor do seu site a melhor forma de inseri-lo.

Marcadores:

Deixe seu comentário