O que é CDP e por que essa tecnologia deve transformar o RD Station

Descubra como a CDP (Customer Data Platform) vai levar o RD Station para um novo patamar e possibilitar que novas funcionalidades sejam construídas

Qual foi a última vez que você sentiu que uma marca estava falando diretamente com você? E que tal se sua empresa pudesse vencer a complexidade de criar experiências individuais nos múltiplos canais e pontos de contato, e ao mesmo tempo escalar essa operação?

Acreditamos que aprender com os clientes analisando dados de comportamento e consumo para extrair insights seja uma das melhores formas de alcançar isso. No entanto, essa análise pode ser inviável por muitos motivos. Para quase metade dos profissionais de marketing, por exemplo, o tempo para analisar e tirar conclusões sobre o sucesso de uma campanha ou sobre mudanças na experiência do consumidor é de mais de uma semana. O gerenciamento, a integração e a formatação de dados parecem ser as principais razões para isso, segundo uma pesquisa da Gartner.

Sabendo disso, buscamos ao longo desses anos maneiras de ajudar nossos clientes e parceiros nesse desafio. E chegamos a uma solução: o nome dela é CDP (Customer Data Platform). Já falamos no início do ano que é a CDP que vai levar o RD Station para um novo patamar e possibilitar que novas funcionalidades sejam construídas, assim como novos recursos.

 

O que é CDP, afinal?

Geralmente, um dos maiores desafios das empresas é integrar as informações sobre os consumidores. Com dados dispersos e às vezes inconsistentes, fica difícil para marketing e vendas transformarem de verdade a experiência do cliente.

Por isso, a CDP vem para ser a fonte da verdade sobre o consumidor para todas as áreas da empresa. A CDP nada mais é do que um sistema acessível a outros softwares que mantém dados unificados em um único ambiente, centralizando as informações e facilitando a análise do comportamento dos consumidores ao longo do tempo.

Imagine um cenário em que equipes de marketing pudessem acessar todas as informações de visitantes, Leads e clientes, em tempo real, com várias fontes de conhecimento. Com a CDP, isso seria totalmente possível.

Uma equipe de marketing poderia, por exemplo, analisar o comportamento de compra dos clientes ideais, ou seja, entender todo o caminho que percorreram até finalmente fecharem a venda. E são informações da jornada dessas pessoas — como de qual dispositivo acessaram e páginas que navegaram, por que campanha de mídia social foram impactadas, quais emails levaram à levantada de mão (momento de pedir um contato de um vendedor) e o tempo que toda essa jornada levou — que a CDP vai disponibilizar para consulta em tempo real.

É para essa realidade que essa tecnologia levará as empresas, a um mundo em que seja possível ter um entendimento e uma visão micro e macro de cada pessoa que interagir com uma marca. Isso irá abrir caminhos para maior personalização e eficiência das campanhas, além de análises mais poderosas e inteligentes.

 

Quando a CDP estará disponível?

Mesmo que você não tenha visto, a CDP já está sendo construída há mais de um ano utilizando tecnologias de última geração. Ao longo de 2019, algumas mudanças irão aparecer nos produtos, mas o foco inicial é possibilitar cenários mais avançados de segmentação. Junto a isso, também estamos trabalhando para aumentar performance e confiabilidade, além de possibilitar novas análises.

As decisões mais importantes em marketing e vendas não podem ser apenas baseadas em senso comum ou no feeling, mas cada vez mais sustentadas e validadas com dados. E por isso estamos construindo uma plataforma capaz de receber, armazenar e cruzar dados com mais eficiência, facilitando a entrega de experiências consistentes, segmentadas e contextualmente relevantes em todos os seus canais.

 

Como a CDP poderá ajudar nossos clientes?

A ideia de uma CDP é ajudar a entender as preferências e desejos das pessoas baseando-se no comportamento delas. Desta forma, será possível acelerar a Jornada de Compras e construir relações duradouras com os consumidores, desde o primeiro contato até o pós-venda. E claro, aumentar o retorno sobre o investimento em marketing digital. Em resumo, a CDP vai ajudar a:

 

Fazer análises mais precisas e preditivas

Queremos entregar uma ferramenta que forneça insights precisos, que seja preditiva e que torne acessíveis as análises mais complexas para médias e pequenas empresas. Calcular o retorno sobre investimento de campanhas específicas, descobrir qual foi a melhor, comparar resultados, compreender os momentos do cliente — são essas ações que queremos facilitar no RD Station.

Entender melhor os Leads

A CDP vai suportar novos tipos de evento, ou seja, ações que os Leads fazem que podem ser identificadas durante a jornada. E são essas ações que refletem o comportamento dos usuários que podem ser usadas para entender interesse de compra, mas também se o seu cliente está prestes cancelar.

Personalizar mais a comunicação

Os novos tipos de segmentação, que dão um poder ainda maior de personalizar a comunicação, estarão entre as prioridades. Dentre eles, estão a segmentação por campo preenchido ou vazio (p. ex. campo telefone vazio), por datas e números (p. ex. converteu há X tempo ou na data Y), engajamento (p. ex. abriu email, Lead está inativo), entre outros.

Customizar sua própria solução

Estamos construindo uma plataforma para que nossos parceiros de integrações desenvolvam soluções mais personalizadas para diversos nichos de mercado. Dessa forma, você poderá customizar sua própria solução, construindo e conectando extensões que se encaixem exatamente às necessidades da sua empresa.

Melhorar integração entre Marketing e Vendas

A CDP também permitirá uma melhor integração com o RD Station CRM. Uma atualização de dados (como telefone, por exemplo) realizada no Lead pelo time Comercial seria refletida na base de dados do RD Station Marketing automaticamente. Em breve, também será possível acompanhar a origem da venda, já que a informação de qual foi a fonte ou campanha que gerou a oportunidade será enviada para o CRM.

Manter os dados em segurança

A nova estrutura vai possibilitar um salto muito grande em relação à privacidade e segurança de dados, conforme requisitos de legislações como a GDPR, na Europa, e a Lei Geral de Proteção a Dados (LGPD), aqui no Brasil. A implementação dessas mudanças é bastante desafiadora e a CDP ajudará nossos clientes na busca pela adequação às novas legislações.

 

Todos esses fatores nos ajudam a entender por que a plataforma de dados poderá ajudar empresas de todos os tamanhos a resolverem os problemas dos seus clientes, fator fundamental para gerar receita e criar relacionamentos duradouros. E falando em tamanho de negócios, a CDP é especialmente útil para pequenas e médias empresas, que precisam lidar com inúmeros fluxos de dados, mas geralmente não possuem uma equipe técnica focada nisso. 

Para explorar todas as oportunidades que a CDP traz, temos uma jornada pela frente que queremos percorrer com você! E se você quiser trilhar esse caminho mais próximo ainda da gente, torne-se um RD Insider e teste as novas funcionalidades antes.

 

rd station marketing

Marcadores:

Deixe seu comentário